REDES SOCIAIS
BUSCA DE NOTÍCIAS
Carregando
NOTÍCIAS
Romaria da Diocese visitou o Santuário Estadual da Padroeira do Paraná - 21/10/2019
Neste ano, a Diocese se reuniu em uma grande romaria em 13 ônibus, dividido pelos Decanatos para ir até o Santuário Estadual. Foram quase 550 fiéis que em uma manhã dedicada a devoção, participaram da celebração e passearam pelos pontos turísticos importantes para o Santuário. Muito bem acolhidos pelos fiéis da cidade e pelo pároco Padre Dirson Gonçalves, os romeiros se “sentiram em casa”.
Mesmo com o céu nublado, a programação do dia começou muito bem com um café da manhã e em seguida, uma caminhada por volta do Santuário. Às 10h, iniciou a oração do Santo Terço, com a participação dos romeiros de outras cidades que também estavam presentes. Às 11h, Dom Bruno e alguns padres e diáconos da Diocese que também foram em romaria, concelebraram junto com o pároco do Santuário, em uma grande união de fé com toda a comunidade.
Padre Dirson, contou a história de Nossa Senhora do Rocio, e também divulgou o novo lema do Santuário, que seria usado a partir do final do ano “Rocio, lugar sagrado dos paraenses”, e ressaltou também que o estado do Paraná, é o único que tem uma padroeira no país. Finalizando a manhã de oração, aconteceu a procissão com o andor e o manto sobre os fiéis e conduzido pelos padres, que rezaram e cantaram durante o percurso. Após a benção e aspersão com água benta, a imagem retornou para a igreja.
Padre André Camilo, reitor do seminário propedêutico da Diocese, que estava à frente da organização da Romaria, disse que a experiência foi maravilhosa, foram muito bem acolhidos mesmo com a grande presença dos romeiros de nossa Diocese. Ele também recebeu do Santuário, uma imagem peregrina da santa padroeira.
Com certeza, os romeiros tiveram uma grande experiência de espiritualidade no santuário, visitando os pontos turísticos. O Padre Jurandir, pároco da Catedral São José junto com o coordenador diocesano da Pastoral de Turismo, Ruben Moiano fizeram uma rota turística maior, visitando a cidade de Palotina, mas se encontrando junto com os demais membros da Diocese no domingo de manhã


Nossa Senhora do Rocio e sua influência na Diocese.

Em dedicação padroeira do Paraná, Nossa Senhora do Rocio, em nossa Diocese, temos duas capelas em Campo Mourão que são dedicadas a padroeira, sendo uma delas no bairro Parigot de Souza, pertencente a Paróquia Divino Espírito Santo, e a capela universitária, instalada na Universidade Estadual do Paraná, em frente ao teatro municipal.
Devido aos muitos milagres intercedidos pela Virgem, a devoção se espalhou pelo Paraná, e diversos lugares começaram a fazer romarias e foi onde que em 15 de novembro de 2000, a Capela Nossa Senhora do Rocio, foi fundada em nossa Diocese por Dom Mauro Aparecido dos Santos.
Neste ano, a Capela do Parigot de Souza, a novena terá início no dia 6, com as celebrações às 19h30 e sua missa solene no dia 15, também às 19h30. A comunidade vive grandes momentos de fé e devoção a padroeira durante a novena, realizando pedidos e agradecendo pelas graças alcançadas. A padroeira do Paraná, dos pescadores e marinheiros, tem sua festa litúrgica comemorada no dia 15 de novembro, feriado nacional da proclamação da república.
A história da Santa começa no Paraná, onde a sua devoção iniciou no século XVII, após a elevação do pelourinho em Paranaguá, em 1648. Em 1686, os habitantes dessa vila, que ficava ar margens de sua baía, enfrentaram uma grande peste, e os mesmos recorreram as suas orações a Maria. Rocio era o perímetro das vilas, onde terminava o arruamento e começava a se conservar um orvalho durante a manhã. “Rocio” quer dizer orvalho, em português arcaico. Por isso Nossa Senhora do Rocio também é conhecida como Nossa Senhora do Amanhecer ou Nossa Senhora do Orvalho Matutino.
A imagem da santa foi encontrada em uma pesca milagrosa, nas redes do Pai Berê, na baía de Paranaguá que pedia a intercessão para Nossa Senhora, pois sua família passava fome. Junto com suas orações, Pai Berê laçou as redes no mar e puxou, e junto veio muitos peixes e a imagem da santa. Sua primeira igreja foi edificada em 1813, e o santuário em 1920.

Outras Notícias
Dom Bruno participa do Encontro Nacional da Pastoral Familiar em BH
Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019
VER MAIS
Comunidade Maccagnan comemora 70 anos
Segunda-Feira, 4 de Novembro de 2019
VER MAIS
Jovens da Diocese comemoram o Dia Nacional da Juventude
Terça-Feira, 29 de Outubro de 2019
VER MAIS
5º Encontrão dos Acólitos da Diocese de Campo Mourão
Segunda-Feira, 28 de Outubro de 2019
VER MAIS
Sentinelas em Missão reúne 180 jovens em Terra Boa
Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019
VER MAIS
Novena de Nossa Senhora do Rocio
Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019
VER MAIS
Novena de Finados - Cemitério São Judas Tadeu
Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019
VER MAIS
Solenidade de Nossa Senhora Aparecida em nossa Diocese
Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019
VER MAIS
Coor. Diocesano Past. de Turismo Religioso recebe homenagem em Buenos Aires
Sexta-Feira, 11 de Outubro de 2019
VER MAIS
Caminhando com Maria 2019
Segunda-Feira, 7 de Outubro de 2019
VER MAIS
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 PRÓXIMO ARQUIVO DE NOTÍCIAS
DIREITOS RESERVADOS - DIOCESE DE CAMPO MOURÃO - 2012
DESENVOLVIDO POR: