REDES SOCIAIS
BUSCA DE NOTÍCIAS
Carregando
NOTÍCIAS
TRANSFERÊNCIAS DE PADRES - 14/12/2017 BAIXAR ANEXO
TRANSFERÊNCIAS

“Eis-me aqui, envia-me” Is 6,8

“Como bons dispensadores das diversas graças de Deus, cada um de vós ponha à disposição dos outros o dom que recebeu: a palavra, para anunciar a mensagem de Deus; um ministério, para exercê-lo com uma força divina, a fim de que em todas as coisas Deus seja glorificado por Jesus Cristo... Velai sobre o rebanho de Deus, que vos é confiado. Tende cuidado dele, não por amor de interesse sórdido, mas com dedicação; não como dominadores absolutos sobre as comunidades que vos são confiadas, mas como modelos do vosso rebanho. E, quando aparecer o supremo Pastor, recebereis a coroa imperecível de glória” (cf. 1Pedro 4,10.11; 5,2-4).
A experiência das transferências tem mexido muito comigo. O Direito Canônico fala de uma estabilidade ao pároco (seis anos e mais seis). O ditado popular diz que “em time que está ganhando não se mexe”, e a necessidade de transferir alguns padres “faz parte”, da vida do bispo, mas confesso que é desgastante.
Quero fazer eco ao pensamento de Dom José Carlos, Biso de Divinópolis – MG. A transferência não é um ato arbitrário e autoritário que recai e pesa sobre a pessoa do bispo. As decisões e transferências são pensadas e construídas num conselho de padres, demandam longas conversas e, às vezes, várias reuniões. Não estamos brincando com pessoas. Os padres são colaboradores indispensáveis e preciosos do bispo, que não tem de cuidar desta ou daquela paróquia, mas de todas, ao mesmo tempo. Todas as transferências foram conversadas, construídas com cada padre. Ninguém foi transferido “a ferro e fogo”, acorrentado e arrastado. A cerca dos transferidos ouve propostas, justificativas, um convite e uma decisão.
O padre é um ser humano e constrói amizades fortes por onde passa, isso é bonito e faz bem, mas não se pode esquecer que o padre não é “desse” ou “daquele” grupo, mas é da igreja, da diocese e colaborador do bispo. Isso é da natureza da nossa vocação, isso é muito bonito.
Neste tempo de diálogo com muitos conselhos paroquiais deparei com algumas pessoas com pensamentos fechados que dizem: “nossa paróquia não será mais a mesma” se o padre sair. Nem a paróquia nem ninguém é o mesmo nunca. Cada dia, cada pessoa, cada situação põem acréscimo novos (bons ou maus). Como posso saber que o outro que vem é, por antecipação, incapaz de continuar e fazer avançar um processo iniciado? Não será preconceito? Todos nos somos convidados a mudar o tempo todo. A Vida Pastoral é muito dinâmica, não admite ninguém parado.
Se um sacerdote é dotado de muitas qualidades e competências a ponto de trazer muitas alegrias e avanços a uma comunidade, ele não pode ser possuído por esta comunidade como um “bem inalienável”. Ele pode ser o pastor que a comunidade vizinha precisa em suas demandas pastorais, espirituais, administrativas, humanas... A transferência sempre faz bem.
Uma coisa, porém, quero registrar, o testemunho de disponibilidade dos padres. Fiquei emocionado ao ouvir: “pode me enviar, aonde precisar”, ou “eu estou a sua disposição, pode contar comigo”. Estou certo que fizemos um bom caminho e acredito que não lhes faltarão as luzes do Espírito Santo para a nova missão que é confiada a cada um. Sou imensamente grato a todos. Estamos juntos sempre. Que São José os abençoe! Amém.

Dom Bruno Elizeu Versari
Bispo Diocesano

Nomeação de Párocos, Administradores, Vigários e Reitores

Seminário São José: Pe. André Arnaldo Rodrigues Camilo / Pe. Valdecir Liss;
Seminário Nossa Senhora de Guadalupe – Maringá: Pe. Roberto Carlos Reis / Pe. Willian Oliveira Lopes;
Seminário de teologia Dom Virgílio de Pauli: Pe. Jurandir Coronado Aguilar / Pe. Roberto Cesar de Oliveira;

Nome da paróquia - Muda para

DECANATO DE CAMPO MOURÃO
Santuário N. Sra. Aparecida - Pe. Ricardo Arica Ferreira
Sagrada Família - Pe. Sidinei Rodrigues Ferreira

DECANATO DE ENG. BELTRÃO
Santo Antônio / Araruna - Pe. Wagner Amaro Branco e Pe. Benedito
N. Sra. Das Graças / Eng. Beltrão - Pe. Francisco Dantas de Carvalho
Santuário Sta. Rita / Barbosa F. - Pe. Carlos Cesar Candido
São Gabriel e São Sebastião / Ivailândia - Pe. Roberto Carlos Reis

DECANATO DE GOIOERÊ
N. Sra. Candeiras / Goioerê - Pe. José Elias Feyh, SJ
São João Batista / M Sales - Pe. Ivan Luís Walter
N. Sra. Aparecida / Janiópolis - Pe. Ediberto Henrique de Mercena
São José / Rancho Alegre - Pe. Valdomiro Pinto Rosa
São Pedro / Paraná d’Oeste - Pe. Jorge Pereira da Silva

DECANATO DE JURANDA
Santo Antônio / Ubiratã - Pe. Pedro Speri e Pe. Dirceu Sabino
N. Sra. Da Guia / Boa Esperança - Pe. José Coelho

DECANATO DE IRETAMA
São Pedro / Corumbataí do Sul - Pe. Nilson Reis Gonçalves
Capela Santa Edwiges / Corumbataí do Sul - Pe. Nilson Reis Gonçalves

Residência Episcopal
Dom Bruno Elizeu Versari
Pe. João Donizete Pitondo
Seminarista Anselmo
Seminarista Weslei

Pe. Apolinário João da Silva - Liberado para formações pastorais e retiros




Outras Notícias
LUTO - NOTA DE FALECIMENTO
Sábado, 23 de Junho de 2018
VER MAIS
LUTO - DIOCESE DE CAMPO MOURÃO
Segunda-Feira, 21 de Maio de 2018
VER MAIS
Papa: a fé se transmite com amor e testemunho
Quinta-Feira, 10 de Maio de 2018
VER MAIS
Novena a Nossa Senhora de Fátima
Quinta-Feira, 10 de Maio de 2018
VER MAIS
Presidência da CNBB participa de Encontro de Bispos dos Países Lusófonos
Quinta-Feira, 10 de Maio de 2018
VER MAIS
Papa Francisco: trabalho significa dignidade, significa amar
Quarta-Feira, 9 de Maio de 2018
VER MAIS
Papa: "O silêncio de José é habitado pela voz de Deus"
Quarta-Feira, 9 de Maio de 2018
VER MAIS
Papa Francisco no Divino Amor: rezemos juntos pela paz na Síria
Quarta-Feira, 9 de Maio de 2018
VER MAIS
Hoje a Igreja celebra os Papas Santo Anacleto e São Marcelino
Sexta-Feira, 27 de Abril de 2018
VER MAIS
Papa: não estamos sós na luta contra o mal
Sexta-Feira, 27 de Abril de 2018
VER MAIS
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 PRÓXIMO ARQUIVO DE NOTÍCIAS
DIREITOS RESERVADOS - DIOCESE DE CAMPO MOURÃO - 2012
DESENVOLVIDO POR: