REDES SOCIAIS
BUSCA DE NOTÍCIAS
Carregando
ARTIGOS
Chega de mentiras! Precisamos da verdade que liberta!

“A VERDADE VOS LIBERTARÁ! Não temais os que tudo deturpam...”

O povo que gosta como nenhum outro de celebrar o dia da mentira parece que esta cansando da brincadeira... Não perdeu a sua capacidade de rir da própria desgraça, de fazer piadas com tudo, de celebrar o dia da mentira com muitas pegadinhas, de curtir os inúmeros programas de pegadinhas maldosas dos nossos canais de TV. Não está cansando da mentira “tipo brincadeirinha” que até alegra a vida sofrida dos brasileiros, mas da mentira institucionalizada que toma conta dos noticiários, numa sucessão interminável de revelações bombásticas das mentiras que cercam o poder em todas as instâncias. A cada manhã acordamos nos perguntando qual será a denúncia, a revelação, a operação da Polícia Federal (nunca trabalho tanto...), a prisão, as desculpas do dia...

Nos grupos sociais da web, as contradições acentuam as diferentes opiniões das pessoas de acordo com seu grupo social, político, religioso, deixando a verdade passar a margem de tanto preconceito, radicalismo, ódio... Todos se intitulam defensores da VERDADE, DONOS DA VERDADE mesmo, dando-se o direito de destilar seu rancor, sua visão unilateral dos fatos sem uma análise mais profunda que vai além dos seus interesses pessoais, corporativos.

A VERDADE, ora a verdade, fica reduzida ao tamanho dos óculos que cada um usa para diminuir a sua miopia. E nem sempre os óculos estão limpos, com a calibração correta e muitas vezes parecem mais viseiras que impedem de ver além de nossa miopia, pequenez... Faz-me lembrar a fábula “Os cegos e o elefante”, onde cada cego definia o elefante de acordo com a parte que tocava. ”É uma cobra” dizia o que pegava na tromba, “É uma parede”, o que pegava na barriga, “É uma árvore”, o que pegava na perna, “É uma espada”, o que pegava no marfim… Cada um definiu o elefante de acordo com sua cegueira, sem conseguir ter uma visão global, se aproximar da VERDADEl. Nós também fazemos isso quando nos fechamos no nosso radicalismo e nos negamos ao diálogo olho no olho, a ver a realidade sob a ótica dos outros, quando “deletamos”, “bloqueamos” os que pensam diferente da minha linha de pensamento…

Na era da comunicação em tempo real da internet, do wi-fi, do whats-up... nunca tivemos tanto acesso a informação e tão longe da verdade! Onde está a VERDADE QUE LIBERTA! Não aguentamos mais tantas mentiras, tantas artimanhas para se manter no poder a qualquer custo. Não podemos perder a esperança. Cantemos sem medo com o Pe. Zezinho “Não temais os que tudo deturpam pra não ver a justiça vencer, tende medo somente do medo de quem mente pra sobreviver”. “Não temais os poderes que passam, eles tremem de armas na mão, não temais os que ditam as regras na certeza de nunca perder...” “A mentira tem pernas curtas” dizia minha mãe na sua sabedoria, na sua fé tão simples e verdadeira. “A verdade tarda, mas não falha” dizia outro velho ditado popular...

É tempo de Páscoa, de passagem para uma Nova Vida. Não vamos ficar nas trevas do medo, da mentira, da morte, da paixão! Vamos acordar com Jesus Ressuscitado na manhã radiosa da Páscoa e seguir os seus passos. “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”!”disse Jesus em João 14.6.” Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Não vo-la dou como o mundo a dá. Não se perturbe o vosso coração, nem se atemorize! João 14,27

Esta também foi a mensagem do anjo as mulheres que descobriram o túmulo vazio: “Não tenham medo” “... cheias de temor e grande alegria, as mulheres correram a dar notícia aos discípulos” MT 28,8. Graças a elas, nós cristãos acreditamos na ressurreição do Senhor. Numa época em que a mulher não tinha valor algum, os quatro evangelistas coincidem que foram elas as primeiras a receber o encargo de proclamar a noticia da ressurreição. É o que o mundo espera da Igreja: que seja credíveis como aquelas mulheres o foram, e no meio de tanta mentira e de notícias enganadoras, possa ser um sinal visível de Fé, Luz, Verdade, Ressurreição! Uma abençoada Páscoa a todos!

Maria Joana Titton Calderari - majocalderari@yahoo.com.br
DIREITOS RESERVADOS - DIOCESE DE CAMPO MOURÃO - 2012
DESENVOLVIDO POR: